quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

"Qual o plural de pneu?"

Foi o que perguntou uma moça bonita do BBB para o moço-que-se-diz-gay do BBB, depois de afirmar que gastava muito em revisão dos "pneis" do seu (dela) carro.
Não tem a menor importância o erro de linguagem da moça... E não tem a menor importância porque nem o erro dela, nem ela, nem o BBB têm o poder de alterar em nada a ordem das coisas, exceto mexer nos horários de quem se dispõe a espionar a vida alheia via satélite. Algumas pessoas até pagam por isso. Mas também não há mal nenhum em pagar por isso, uma vez que gosto e cu, cada um tem o seu. E já é difícil cada um cuidar do seu, né?

Pena que o programa, que se propôs como reality show, seja uma obra de ficção... e ruim.
Ruim porque não se assume como ficção. A obra de ficção se quer fazer passar por "realidade" é o começa da desgraça: a verdade inventada que se quer verdade resulta sempre em ficção de qualidade inferior.
O programa é chato e monótono. O cenário é chato e cafona. A fala das personagens é monocórdia, elementar como um grunhido de um animal acuado e cheira a papel redigido, mal tramado, mal decorado. Soa sempre com um viés hipócrita. Tente ouvir, só a fala deles, sem imagem. Vocês sentirão exatamente o que eu quis dizer.
Tudo soa a script. Eu acredito que de vez em quando vem até a ordem pelo ponto eletrônico:
"Senhores, hora de peidar! Porra, ninguém peida nessa casa? Agora peidem ou serão desclassificados!"
Sim, porque o peido tem o raro poder de levar rodinhas à ruína, o que seria muito bem-vindo no caso do BBB.
E tem gente que até acredita que as coisas lá seguem o ritmo imprevisto da vida!
A pior ficção é aquela que ser quer realidade; a pior realidade é aquela que se acredita passível de ser estruturada como ficção.
O máximo a que o BBB deve aspirar é ser uma obra de "ficação".
"Quem ficará com quem?"pode ser até uma pergunta digna de resposta. Mas isso já se perguntava no primeiro romance escrito na face da Terra...
Coisa velha e chata esse programa....

3 comentários:

dougui disse...

HAUAHUAHAUHAUHAUHAUA
AHAUAHUAHUAHUAHUAHA
HAUAHUAHAUHAUHAUHAUA
AHUAHUAHAUHAUHAUAHUA


ONDE EU ASSINO?

BJOS!

evao do caminhao disse...

Um dia:

- Que barulho é esse?

- Deve ser uma ave.

- É... uma jaguaritica!

- O que é uma jaguatirica

Outro dia:

- O que é xepa? (leia xépa)

Porra, meus alunos de 2ª série têm mais conhecimento.

evao do caminhao disse...

(acrescenta o ponto de interrogação depois de jaguatirica)